Categorias
Sociedade

Um jumento, ativistas histéricos e Jesus de patinete

Sobre os exageros de ativistas, como o grupo alemão de proteção de animais, que tentou proibir que um jumento carregasse Jesus numa encenação da Paixão de Cristo, sugerindo que Jesus chegasse, ao invés disso, com uma patinete elétrica.

Categorias
Cotidiano

O gato dramático

Sinceramente, gosto de gatos. Mas tem horas que os acho simplesmente histéricos, paranoicos, desconfiados em excesso, extremamente dramáticos e cheios de mania de perseguição.

Categorias
Comportamento Sociedade

Os “guerilheiros urbanos” e nossa mania de só fazer de conta

Sobre a mania que o ser humano tem de apostar mais em aparência do que em consistência e de não fazer as coisas realmente, mas só fazer de conta que faz.

Categorias
Comportamento Cotidiano

Não se chateie quando um chato lhe encher o saco!

Pessoas chatas têm a importantíssima função de calibrar nossa paciência.

Categorias
Comportamento

A síndrome do avental

Sobre pessoas que, ao receberem um pouco de poder, começam a se achar superiores às demais

Categorias
Comportamento

Como a identificação com as coisas nos afasta de nós mesmos!

A infelicidade de muita gente se deve a uma identificação com as coisas à sua volta. Quem se identifica com as coisas, passa a ter e deixa de ser, afastando-se de si mesmo, de seu centro e de uma vida mais leve e feliz.

Categorias
Comportamento

Veganismo: ninguém é dono da verdade absoluta!

Sobre os exageros e até mesmo o fanatismo de certos militantes do veganismo que tentam impor suas escolhas a todas as demais pessoas como se somente eles estivessem certos e como se conhecessem a verdade absoluta.

Categorias
Sociedade

A agonia política que o Brasil atravessa pode ser uma chance de mudança

O momento é difícil, mas toda essa agonia política pode também ser uma chance de renovação. Se ela acontecerá ou não, depende de nós, o Povo Brasileiro, que temos em nossas mãos o destino que queremos dar ao Brasil.

Categorias
Sociedade

Por que pobre que deixa de ser pobre gosta de pisar em pobre?

Já é incompreensível ver gente rica de muito tempo tratando pobre como gente de segunda categoria, numa desumanidade que assusta. Mas ver gente que conheceu a pobreza se vestindo de arrogância e prepotência para se achar melhor que outros que (ainda) não conseguiram sair da pobreza é que não dá para entender mesmo.

Categorias
Cachorrices Cotidiano

Minha vizinha e o cachorro com prisão de ventre

Tive mais uma vez a impressão de que um cão conhece melhor seu humano que o humano seu cão.