Nós, humanos, somos mesmos geniais?

Nós, humanos, somos mesmos geniais?

Essa história da genialidade humana é um mito. Na verdade, são poucos os verdadeiros gênios entre nós e eles se destacam exatamente por isso: porque são uma exceção.

E o silêncio natalino virou batucada...

E o silêncio natalino virou batucada…

Caminhando pelas ruas de Berlim e curtindo o silêncio natalino e o sossego por aqui, terminei me lembrando de meu último Natal barulhento na Bahia.

A síndrome do avental

A síndrome do avental

Sobre pessoas que, ao receberem um pouco de poder, começam a se achar superiores às demais

Que nenhuma morte seja em vão!

Que nenhuma morte seja em vão!

O brutal assassinato da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Pedro Gomes representa para mim o ápice de uma situação absurda de violência institucionalizada, de impunidade e de descaso que assola o Brasil há muito tempo.

Está cientificamente comprovado: a ciência também se engana

Está cientificamente comprovado: a ciência também se engana

Qualquer um que suponha conhecer a única verdade válida erra porque raramente existe uma única verdade e toda verdade pode estar certa hoje e perder seu efeito amanhã. Cientificamente comprovado não quer dizer que seja verdade absoluta.

A qualidade de vida na Alemanha é melhor que no Brasil. Ponto.

A qualidade de vida na Alemanha é melhor que no Brasil. Ponto.

Pode ficar ofendido, dizer que eu tenho complexo de vira-lata, que não valorizo minhas raízes (como se eu fosse árvore!) e espernear o quanto quiser, mas nada disso mudará a realidade: a qualidade de vida na Alemanha é melhor que no Brasil e negar isso é sinal de má informação, de bairrismo infantil, de querer tapar o sol com a peneira e iludir a si mesmo.

Uma colher de arroz

Uma colher de arroz

Um prato de arroz, o que é um prato de arroz? Para muitos de nós, não é nada, tem até gente que acha que é comida de pobre. Mas para muita gente seria um manjar dos deuses. Deveríamos ter mais gratidão pelo que temos e reclamar menos da vida.

Por que pobre que deixa de ser pobre gosta de pisar em pobre

Por que pobre que deixa de ser pobre gosta de pisar em pobre?

Já é incompreensível ver gente rica de muito tempo tratando pobre como gente de segunda categoria, numa desumanidade que assusta. Mas ver gente que conheceu a pobreza se vestindo de arrogância e prepotência para se achar melhor que outros que (ainda) não conseguiram sair da pobreza é que não dá para entender mesmo.