Categorias
Cotidiano

E o silêncio natalino virou batucada…

Caminhando pelas ruas de Berlim e curtindo o silêncio natalino e o sossego por aqui, terminei me lembrando de meu último Natal barulhento na Bahia.

Categorias
Contos

Tem acarajé em Marte?

A história de Vavá, um menino que vivia no sertão baiano, gostava de acarajé e ficou com vontade de ir para o planeta Marte.

Categorias
Contos Sociedade

Vamos a Belém – Uma história de Natal

Melquior, Baltasar e Gaspar foram para Belém do Pará passar o Natal com José e Maria e o menino Jesus, que estava para nascer.

Categorias
Comportamento Sociedade

Dia 2 de fevereiro é dia de lixo no mar

Contradições de um mundo “moderno”: politeísmo, culto a Iemanjá e destruição do meio ambiente

Categorias
Sociedade

Vi, preferindo não ver…

Coisas que vi, mas preferiria não ter visto na Bahia

Categorias
Outros textos

Grita Salvador!

Estava sentado numa praça, em Salvador, querendo telefonar, mas havia muito barulho à minha volta, com muita gente falando alto, risadas, música e gritarias, buzinas de carro e camelô gritando. Frustrado e irritado, desisti do telefonema, peguei caderno e caneta na mochila e escrevi este desabafo.

Categorias
Sociedade

As férias da babá

Um encontro acidental que tive na Bahia com uma família de classe média, que levara a babá para “passar férias” no litoral baiano, “férias” que na verdade eram trabalho, mais exatamente um plantão de 24 horas por dia e 7 dias por semana. Foi triste perceber que ainda existe gente no Brasil que continua a tratar empregados (principalmente os domésticos) como pessoas de segunda categoria.