Gustl Rosenkranz
Se a vovó estivesse aqui...

Se a vovó estivesse aqui…

No supermercado

Agora há pouco no supermercado:

Uma mulher e sua filha. A mãe viu o prato com cubos de queijo para experimentar em cima do balcão, pegou um pedaço e colocou na boca. A filha imitou a mãe, ficou nas pontas dos pés para alcançar o prato e pegou também um cubo de queijo. Só que ao invés de engoli-lo, como fez a mãe, a menina foi até uma funcionária do supermercado, estendeu a mão, mostrando o queijo e perguntou:

<<Posso comer?>>

A funcionária sorriu e respondeu gentilmente:

<<Claro que sim. É para isso que o queijo está aí!>>

A mãe, que observou toda a cena, disse para a filha que ela não precisava ter perguntado isso, mas a filha reagiu indignada:

<<Tinha que perguntar sim, mãe! Você mesma me disse que eu nunca devo pegar nada sem perguntar antes. Você comeu o queijo sem perguntar. Você não poderia ter feito isso. Se a vovó estivesse aqui, ela iria brigar com você!“.

A mãe sorriu desconcertada. Eu sorri com prazer. As crianças são realmente os melhores seres humanos.

 

Caso deseje utilizar algum conteúdo deste blog, leia, por favor, estas informações.

Gustl Rosenkranz

Blogueiro, estreado na Bahia, residente em Berlim, brasileiro de nascença, alemão por opção, adepto da empatia, apaixonado por palavras, observador, escreve sob a vida e tudo que a toca. Contato: gustl.rosenkranz@outlook.com

Escreva um comentário

Most discussed